Início > Observando a imprensa > Furadas da mídia:repórteres estressados

Furadas da mídia:repórteres estressados


Edição 01 – Ano 01/ Janeiro de 2009

Errar é humano, diz a sabedoria popular. Não conheço atividade mais humana que o jornalismo e, por isso mesmo, muito propensa ao erro. O youtube é um excelente lugar para ver esses seres humanos errando e cometendo as pequenas e grandes lambanças que fazem parte do trabalho do jornalista. Pensando nisso, o Idéias e etc estréia a série “Furadas da mídia” que pretende comentar alguns desses momentos surreais protagonizados pelos meus distintos coleguinhas. A série será mensal, mas nada impede de ter edições extraordinárias caso encontre alguma furada que mereça uma atenção especial. Na estréia, dois anti-exemplos de comportamento dos repórteres.

Canuto e a bofetada

Antes de comentar o vídeo, algumas palavras sobre o Márcio Canuto. No ano passado, essa figura completamente fora dos padrões globais deu uma palestra na minha faculdade. E o que ele é estridente no vídeo, ele é pessoalmente. Rapidamente, desistiu de ficar no palco e foi para a galera. Canuto aparentou não ter o ego e a pompa que cerca alguns dos seus pares na vênus platinada.

Sobre a bofetada, na primeira vez que eu vi o vídeo tive a impressão que estavam fazendo uma tempestade num copo d´agua. Mas mudei de idéia depois de assistir essas imagens algumas vezes. O tapa foi pra valer. Talvez, seja um ato reflexo do palavrão dito pelo entrevistado. Mas isso não justifica nem explica a atitude de Canuto. Nem a posição da Globo sobre o episódio: “O repórter Márcio Canuto é conhecido pela informalidade em suas reportagens. A TV Globo entende que o repórter em nenhum momento ofendeu ou usou de violência” Como não usou de violência? As imagens são clarissímas. Pode-se dizer que não tenha sido algo intencional, mas que o entrevistado foi agredido, foi sim. Seria mais digno simplesmente admitir o erro e pedir desculpas.

Em tempo: até onde eu sei, o Canuto não deu bofetada em ninguém lá na faculdade…

O feitiço e a feitiçeira

Esse vídeo é simplesmente impagável. Primeiro, é um mistério o real propósito desse quadro. Eu fiquei sem saber se o importante era a  entrevista, ou se a repórter era o centro das atenções bancando a “consultora de moda”. O fato é que a coleguinha esculhambou com o visual da entrevistada. Mas não esperava pela reação, maravilhosa, desta. O feitiço virou contra a feitiçeira e ela terminou a entrevista sem fala e sem rumo. Todo o pedantismo da repórter foi para o ralo diante da resposta final que eu assino embaixo. Também acho ridículo o esforço que certas pessoas fazem em “ditar” as tendências da moda. Quem define isso? Quem são os sábios que determinam que é o verde abacate, e não o azul calcinha a cor do próximo verão? Não faço idéia. Mas uma coisa eu sei: se a repórter aprendeu alguma coisa com esse episódio, ela será mais respeitosa nas suas próximas entrevistas.

Anúncios
  1. 19/01/2009 às 3:13 pm

    uauahauauahuauhauhauhauhahu

    Grande garotoooo!!!

    Adoro seu blog, demais mesmoooo…

    Ah, dá uma passada no meu… não faz o seu tipo, mas te convidei pra uma brincadeirinha interessante até!

    Beijãos da Rakky

  2. Jaqueline Pontes
    11/01/2009 às 8:14 pm

    Propaganda do meu blog, por favor visitem http://ofantsticomundodejaquelinepontes.blogspot.com/

  3. 03/01/2009 às 2:55 pm

    sobre o segundo vídeo, eu tb tô nem aí pra moda, e outra: a glorinha kalil é muuuuuuuuuuuuuuito brega e acha que tá abafando ….
    bem feito pra jornalista…

    é Fradim , começou o ano afiado… adorei…

  4. 03/01/2009 às 2:52 pm

    olha, sinceramente acho q o tapa foi intencional sim , pq o canuto ele tem o jeito dele diferente de fazer jornalismo usando o humor , mas ele ouvindo o palavrão q o cara falou deu um tapa como qq outra pessoa q não tolera de jeito nenhum faria , tipo um pai( ou uma mãe) mais concervador(a) tentando corrigir um filho… ele deve desculpas pq ele não é pai nem mãe e nem PORRA nenhuma, não passa de um funcionário da rede bobo…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: