Início > Notas curtas, Observando a imprensa, Política e/ou politicagem > Jornalista, só com diploma! [Atualizado]

Jornalista, só com diploma! [Atualizado]


Atualização do dia 17/06/2009 às 7h e 32 minutos O STF acabou de julgar faz alguns instantes o processo envolvendo a regulamentação da profissão de jornalista. O resultado, de certa forma, não surpreendeu este Idéias e etc: 8 x 1 com apenas o ministro Marco Aurélio de Mello fugindo do coro dos contentes. Esta é uma quarta feira melancólica para todos os jornalistas que amam o seu ofício e consideram importante estar bem preparado para exercê-lo.

Lamentável.

P.S.: Estou pensando seriamente em pedir para que a minha faculdade imprima o meu diploma em papel higiênico, assim ele terá alguma utilidade…

Atualização do dia 12/06/2009 às 10 h e 10 minutos: Parece até mentira, mas o julgamento do processo envolvendo o diploma para jornalistas não foi julgado no dia 1º, nem posteriormente no dia 15 de Abril. Passou Maio inteirinho e o julgamento ficou para o dia 9 desse mês. Novamente, ficou apenas na intenção. Ao que parece, a nova data é o dia 17 de junho, próxima quarta feira. Pelo menos, é o que informa todos os sites especializados.

Devo confessar que estou bem pessimista. O relator da causa não poderia ter sido mais mal escolhido: Gilmar Mendes. Sua relação fraterna com os grandes barões da mídia, que, via de regra, são contrários ao diploma de jornalista, já é motivo suficiente para deixar qualquer um desanimado. Também desconfio profundamente do seu amor aos jornalistas independentes. Não se esqueçam que o assessor do Supremo meritíssimo acionou a polícia federal contra um jornalista…

Mas, mesmo assim, é preciso manter um fiapo de esperança. É por isso que decidi ressucitar esse texto, como forma de marcar posição em defesa do diploma de jornalismo. Tomara que a Fenaj e as entidades da categoria consigam sensibilizar os meritíssimos do STF.

Tomara…

*****

O dia 1 de Abril de 2008 promete fortes emoções aos jornalistas do Brasil. O Supremo Tribunal Federal julgará a validade, ou não, da obrigatoriedade do diploma para exercer o jornalismo. Eu pretendia escrever um texto mais elaborado sobre o assunto, mas mudei meus planos depois que a FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas) enviou o Flyer abaixo. Ele diz tudo o que precisa ser dito sobre essa questão. Qualquer coisa que eu acrescentasse seria redundante. Eu só faço figas para que os distintos ministros do STF tomem a medida mais acertada, ou seja, mantenha a relevância da formação superior em jornalismo. A imprensa Brasileira agradecerá.

fenaj-flyer-eletronico-jornalista-so-com-diploma-2009

Atualização do dia 03/04/2009 às 10h e 59 minutos: Acabou que o dia não teve tantas emoções, apesar de mais um editorial infame do jornal Folha de S. Paulo defendendo o fim da exigência do diploma para jornalistas. Segundo a imprensa, o julgamento ficou para o dia 15 de Abril. Fiquei pensando: será que os supremo meritíssimos só trabalham de 15 em 15 dias? Importante: não é só a questão do diploma que está em jogo, mas a lei de imprensa, um dos últimos entulhos autoritários que sobraram da ditadura militar, também está na pauta de julgamento.

Anúncios
  1. Vinícius Mendes
    06/04/2009 às 3:23 am

    Essa é uma idéia que me preocupa. Não só porque eu curso Jornalismo e temo pela perca de meu dinheiro e tempo, mas tbm pq acho absurdo um jornalista sem formação. É como colocar um indivíduo qualquer para pilotar um avião.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: